Revista Reformador

A Cúpula Sublime¹

Eis traçado aos olhos humanos o plano excelso de Jesus, colocado em mãos do glorioso Ismael, plano delineado há milênios, que a paciência divina organizou, programou e acaba de executar.

Plano grandioso, que trará para as terras de Santa Cruz as bases angulares do Templo Divino do Senhor a ser executado no santuário íntimo das almas, concretizando-se nas augustas experiências da Casa de Ismael, ora mais forte, mais plena de amor, coroada pelos esforços grandiloquentes dos espíritas que velam pelas Verdades do Senhor, nas terras áridas dos corações.

Realizou-se o ideal sublime: estrelas de luzes esplêndidas desceram do infinito e cobriram as terras brasileiras. Suaves refrigérios foram levados a todos os rincões da terra maravilhosa que recebeu em seu seio nobre a semente divina do Excelso Senhor.

Os planos espirituais estão se interpenetrando, cada vez mais, nos planos espiritistas terrenos, levando avante o lema famoso: Deus, Cristo e Caridade.

Aos espíritas que conhecem e amam a Doutrina reveladora, que compreendem o ideal sagrado do Mestre, que recebem a bênção sem par do conhecimento da Verdade e da Luz, que bebem nos livros que descem do Alto a essência divina do Evangelho, compete disciplinarem o coração, irmanados na tarefa sacrossanta da caridade legítima, realizando os trabalhos do Senhor com humildade e amor.

Por isto a recordação do “Pacto Áureo”, para que, compenetrados dos deveres e responsabilidades que lhes cabem em face dos desejos e vontade do Senhor, dignifiquem, com os exemplos puros de discípulos fervorosos e fiéis, a Doutrina Consoladora.

Lá no Alto, a cúpula excelsa irradia forças, energia e luzes para os corações abertos à inspiração superior e dispostos ao serviço grandioso da edificação do Reino Divino no mundo terrestre.

Sobre a Cúpula Sublime e bendita, Jesus – sol de resplendente fulgor – dirige e abençoa os frutos sazonados da divina aliança…

Avancemos, pois, filhos do Cruzeiro, com alegria, gratidão e amor, na conquista do Bem Maior – o Amor de Jesus.

¹ N.R.: Pelo Espírito Bezerra de Menezes. Página recebida pela médium Maria Cecília Paiva, na sessão pública da FEB, realizada em 6 de outubro de 1970, e transcrita parcialmente de Reformador out. 1999, p. 15.