Revista Reformador

Assembleia Geral extraordinária

Alteração no Estatuto da FEB

Realizou-se em 10 de agosto do corrente ano, na sede da Federação Espírita Brasileira (FEB), em Brasília, reunião extraordinária da Assembleia Geral da FEB, especialmente convocada para examinar proposta de alteração do Art. 1º de seu Estatuto.

A referida Assembleia contou com a participação e/ou representação de 59 sócios. Após submetida à apreciação do plenário, a Assembleia deliberou pela aprovação da proposta apresentada, passando o Art. 1º do Estatuto da Casa a ter a seguinte redação:

Art. 1º – A Federação Espírita Brasileira, fundada a 2 janeiro de 1884, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), é uma organização religiosa, cultural, educacional, beneficente e filantrópica, prestadora de assistência social, sem fins
lucrativos, e que tem por finalidades:

I – O estudo, a prática e a difusão do Espiritismo em todos os seus aspectos, com base nas obras de Allan Kardec que constituem a Codificação Espírita, e no Evangelho de Jesus Cristo;

II – A vivência da caridade espiritual, moral e material por todos os meios ao seu alcance, dentro dos princípios da Doutrina Espírita;

III – A união solidária das instituições espíritas do Brasil e a unificação do Movimento Espírita brasileiro, bem como o seu relacionamento com o Movimento Espírita internacional.

Parágrafo 1º – Os objetivos e finalidades da Federação fundamentam-se na Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec e nas obras que, seguindo os seus princípios e diretrizes, lhes sejam subsidiárias e com ela guardem concordância;

Parágrafo 2º – Os programas de estudo e divulgação das obras de que trata este artigo serão estabelecidos pelo Conselho Diretor.